Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Com o objetivo de chamar à atenção do Governo do Estado, profissionais da Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro convocaram ontem, todos que almejam por melhores condições trabalhistas para um ato hoje, na frente da Alerj, que começou às 10 da manhã. Um dos movimentos representado na manifestação de hoje é o grupo Natas das Praças que vem se destacando através de uma agenda intensa de movimentos de forma presencial e virtual através de Lives nas redes sociais e do canal GBC TV Brasil onde apresentam pautas que incluem as demandas da classe dos servidores públicos da área da segurança do Estado (PMERJ/CBMERJ/PPERJ/PCERJ/DEGASE).

Juntamente com outros movimentos e associações convocaram esse importante protesto pacífico para chamar a atenção dos poderes legislativo executivo e judiciário a favor das classes. Dentre as várias causas que a categoria vem lutando, uma delas é a luta para que a progressão de carreira não venha a acabar. De acordo com informações no “pacote de maldades” estão querendo tirar direitos que são de extrema importância para o profissional da segurança pública.

 A Alerj foi cercada por grades e tapumes para evitar a aproximação dos manifestantes, e a segurança foi reforçada. Hoje está sendo realizada a segunda audiência pública com servidores sobre o pacote de austeridade e os servidores estão pressionando os parlamentares contra as medidas. Duas faixas da pista da Av. Nilo Peçanha, no Centro do Rio, foram ocupadas por manifestantes, nessa manhã. O protesto foi organizado por Policiais Militares, Civis e bombeiros que são contrários às medidas do novo Regime de Recuperação Fiscal do Estado.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook