Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

A LafargeHolcim deu início em julho à implantação de infraestrutura para um novo módulo de operação destinado à produção de areia artificial na unidade de Cajamar (SP), para atender demanda de empresas de fabricação de argamassa. Com investimento de R$ 17 milhões, o projeto vai gerar cem empregos diretos na fase de implementação da planta. A previsão é que o produto esteja disponível, a partir de outubro, para atender clientes da Região Metropolitana de São Paulo. A companhia estima produção anual de 240 mil toneladas, com receita de R$ 20 milhões.

A areia artificial, produzida a partir de brita, destaca-se por sua vantagem em relação à comum e pelo alto valor agregado. O novo produto apresenta coloração e qualidade mais estável e menor umidade em relação à areia natural, o que reflete na redução não só do custo, mas também nas emissões de carbono no processo de secagem. Destaca-se ainda a questão logística, uma vez que a areia comum que atualmente abastece o mercado é transportada por caminhão, por cerca de 200 km.

“A tecnologia para o desenvolvimento deste produto inovador está alinhada à questão da sustentabilidade, pilar da Lafargeholcim em suas operações. O processo de extração da areia natural por si só já é agressivo ao ambiente. Além disso, estamos eliminando o deslocamento da areia transportada em caminhões, vindos do interior de São Paulo. E o mais importante, a umidade da areia industrial é de 2%, bem inferior aos 10% da natural. Esse fator reduz consideravelmente o tempo de secagem, economizando energia no processo e reduzindo as emissões de CO2”, explica Eduardo Sales, diretor de concreto e agregados.

Sobre a LafargeHolcim

A LafargeHolcim Brasil, empresa do grupo Holcim, atua no país desde 1951 com um claro compromisso com a sustentabilidade, sendo uma das principais empresas do setor de materiais de construção, com foco em cimento, concreto e agregados. A companhia se juntou à iniciativa da Science Based Targets (SBTi) “Business Ambition for 1.5°C”, tornando-se a primeira empresa mundial da indústria de construção a assinar o compromisso de zerar as emissões líquidas de carbono até 2050 e com metas intermediárias até 2030. Seus produtos e soluções inovadores são utilizados em diferentes projetos de construção, de moradias populares às maiores e mais tecnicamente desafiadoras obras de infraestrutura do país. Em 2021, a LafargeHolcim voltou a conquistar a certificação Great Place To Work (GPTW), importante reconhecimento das políticas de valorização da companhia voltadas para seus colaboradores. Com cerca de 1.400 funcionários, a companhia tem um parque industrial distribuído em três das cinco regiões do país: Sudeste (SP, RJ, MG e ES), Nordeste (BA e PB) e Centro-Oeste (GO), com 23 unidades no Brasil. A empresa faz parte do Grupo LafargeHolcim, que é líder mundial da indústria de materiais de construção, com presença em 80 países e 70 mil empregados nos cinco continentes.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook