Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

A nuvem de gafanhotos que se formou na Argentina, vinda do Paraguai,  e estava se aproximando do Brasil, deve permanecer no país argentino após a chegada de uma frente fria no sul do país. O governo do Rio Grande do Sul tem monitorado o avanço dos animais desde terça- feira, quando foi emitido um alerta da Argentina de que a nuvem estava se deslocando para o Brasil.

O deslocamento dos gafanhotos é influenciado pela direção dos ventos e das altas temperaturas . As equipes do Serviço Nacional de Saúde e Qualidade Agroalimentar (Senasa) e da província de Corriente , continuam trabalhando para encontrar a localização da nuvem.  Segundo o Ministério da Agricultura do Brasil , o monitoramento continua o meso. Até a noite desta quinta os insetos não tinham entrado em território brasileiro.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook