Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Tivemos uma intensa semana de debates, audiências e reuniões na Alerj, cujo tema central foi o Regime de Recuperação Fiscal do RJ. Isso porque o governo do Estado enviou à casa cinco mensagens na semana passada, as quais serão votadas no próximo mês, mas que condicionam da permanência do regime a mudanças significativas na vida dos servidores.

Sabemos da crise que assola o estado, da necessidade de reajustes de gastos de uma maneira geral e do quanto qualquer medida que implique mudanças na carreira e na vida financeira das pessoas é delicada. Portanto, participei das audiências públicas realizadas pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Tributação e Finanças e de Servidores para estudar as medidas e ouvir as partes envolvidas, com o devido respeito que o funcionalismo público merece.

FOTO: ARQUIVO PESSOAL

Também tive a oportunidade de me tornar coautor do PL 4512/21, que dispõe sobre a aplicação de recursos na manutenção e no desenvolvimento de ensino no estado, enquadrando e defendendo, portanto, cada investimento necessário para a melhoria na qualidade da rede escolar do RJ – algo que defendo com unhas e dentes – e mantive meu compromisso com os usuários da Supervia, acompanhando, junto à minha equipe, o debate promovido pela Alerj sobre roubos de cabos de energia e telefonia, algo sobre o qual já tratamos por aqui antes e com o que tenho me preocupado muito, ultimamente, devido ao impacto na qualidade de vida do trabalhador que depende da rede ferroviária para se deslocar, diariamente.

E que venha a próxima semana, com um sábado e um domingo no meio para descansarmos (um pouquinho..rs), mas sem deixar o compromisso com o RJ de lado” – Deputado Wellington José.

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook