Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Com a pandemia do covid-19, muitos alunos, seja de escolas estaduais ou municipais, sofreram com a escassez de alimento em casa. Alunos da FAETEC (Fundação de Apoio à Escola Técnica) também estão passando por essa escassez.

No último dia 06 de maio, foi divulgado pela fundação, em audiência pública conjunta das comissões de Educação e Ciência e Tecnologia, que os alunos da Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec), que estão sofrendo com a escassez de alimento em casa, terão direito à cesta básica, que será fornecida pela instituição, ainda esta semana. A informação foi divulgada pelo presidente da Fundação, João Carrilho, durante reunião das Comissões de Educação e de Ciência e Tecnologia, da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

A última vez que os alunos receberam cesta básica da instituição foi no dia 04 de agosto de 2020, segundo a diretora da Escola Técnica da República, Cláudia Marques. “Tenho pais de alunos que desde agosto me procuram para pedir comida. A gente já avançou muito, mas essa questão precisa ser resolvida. Aluno de barriga vazia não consegue estudar. Tenho 423 alunos que dependem dessas cestas”, alertou Marques.

Além da preocupação com a alimentação dos alunos, outra questão mencionada na comissão foi o fato de alguns alunos não terem acesso à internet para realizarem seus estudos. Desde que as aulas presenciais foram suspensas, por causa da pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), as redes de ensino buscam alternativas de educação remota. Mas, pesquisas mostram, no entanto, que há obstáculos para o ensino à distância, devido a limitação de muitos ao acesso a tecnologias.

O deputado Wellington José, que integra a Comissão de Educação da Alerj e tem entre as principais bandeiras de seu mandato justamente a preocupação com a qualidade do ensino público oferecido no Rio de Janeiro, abordou a questão da conectividade como um dos atuais entraves para o ensino remoto oferecido após a pandemia, em audiência pública realizada em conjunto coma Comissão de Ciência e Tecnologia, no último dia 6. O acesso à internet e a qualificação dos profissionais foram mencionados pelo parlamentar como importantes desafios a serem vencidos. No vídeo a seguir, o deputado Wellington José se aprofunda sobre o tema.

Vídeo: ALERJ
Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook