Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Lançado há dois anos, o curso de Produção Cervejeira da
Unicesumar foi o primeiro do país a ser ofertado na modalidade a distância (EAD). Agora, com sua primeira turma de alunos prestes a concluir a graduação, mais uma vez, o curso quebra paradigmas e é o único Tecnólogo em EAD reconhecido pelo Conselho Federal de Química. Com isso, ao se registrarem no CRQ (Conselho Regional de Química), seus formandos estarão aptos a assumirem responsabilidades técnicas e assinarem pelas documentações vigentes de cervejarias.

Segundo a coordenadora do curso, Maria Fernanda Francelin
Carvalho, essa é uma grande conquista para a instituição e seus
acadêmicos. “Este reconhecimento vem reafirmar o excelente
trabalho que desenvolvemos durante esses dois últimos anos.
Muitos dos nossos alunos já estão no mercado de trabalho ou são empreendedores do ramo e, ao se registrarem no conselho,
poderão assumir responsabilidades técnicas e validação de
análises físico-químicas, um passo importante para o crescimento
de suas carreiras e negócios
”, afirma a coordenadora.

Conheça todas as atribuições profissionais ligadas ao curso:

– Direção, supervisão, programação, coordenação, orientação e
responsabilidade técnica no âmbito das atribuições respectivas.
– Assistência, assessoria, consultoria, elaboração de orçamentos,
divulgação e comercialização, no âmbito das atribuições
respectivas.
– Vistoria, perícia, avaliação, arbitramento e serviços técnicos;
elaboração de pareceres, laudos e atestados, no âmbito das
atribuições respectivas.
– Desempenho de cargos e funções técnicas, no âmbito das
atribuições respectivas.
– Ensaios e pesquisas em geral. Pesquisa e desenvolvimento de
métodos e produtos.
– Análise química e físico-química, químico-biológica,
bromatológica, toxicológica e legal, padronização e controle de
qualidade.
– Produção; tratamentos prévios e complementares de produtos e
resíduos.
– Estudo de viabilidade técnica e técnico-econômica, no âmbito
das atribuições respectivas.

Produção cervejeira e o crescimento no país

Dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento
(MAPA) mostram que, em 2019, o Brasil chegou a 1.209 cervejarias
registradas. Isso significa um crescimento de 36% em relação a 2018. Somente no ano passado, 320 novas fábricas abriram no
país, o que significa quase uma nova cervejaria por dia. A maioria
delas está localizada nos estados do Sul e Sudeste: 80% ficam
nessas regiões. São Paulo tem o maior número de
estabelecimentos (241), seguido pelo Rio Grande do Sul (236) e por
Minas Gerais (163).

O estudante de Produção Cervejeira da Unicesumar, Érico Burigo
Rosso, do polo de Caxias do Sul/RS, faz parte dessa estatística. O
que no início era uma brincadeira se tornou profissão. “Comecei
fazendo cerveja em casa com meu irmão e tomei gosto pelo ritual.
Sempre que havia uma festa com os amigos, a cerveja era por
nossa conta. Pouco depois, o negócio foi crescendo, larguei meu
emprego na área de tecnologia e automação e comecei a trabalhar
profissionalmente com cerveja
”, conta Érico, que acumula em seu
currículo diversos prêmios regionais e nacionais de melhor cerveja
artesanal. Atualmente, Rosso é o cervejeiro responsável por uma
das maiores cervejarias de Caxias do Sul e um dos diretores do
Cerva Serra – Associação de Cervejeiros da Serra Gaúcha. “O
conhecimento adquirido no curso de Produção Cervejeira da
Unicesumar foi fundamental para essa evolução”, afirma o
acadêmico.

No Rio de Janeiro, Patricia Gavinho é a gestora dos polos Barra,
Recreio dos Bandeirantes, Jacarepaguá, Nilópolis, São João de
Meriti, Campo Grande, Santa Cruz e Bonsucesso. Em 2021, tem
planos de abrir novos pólos de uma das melhores instituições de
EAD do Brasil.

Instagram: Patrícia Gavinho @patricia_gavinho
Unicesumar @unicesumar.polorecreio
Educa Brasil Bolsas @educabrasilbolsas

Nos ajude a espalhar essa matéria entre seus amigos e grupos em que você participa.

Comentários no Facebook